Ambientes Externos

Acidentes em obras? Aprenda a prevenir!

A segurança é imprescindível quando falamos da construção civil. É de suma importância tomar todas as medidas possíveis de prevenção, para que assim, acidentes graves e até, fatais, sejam evitados.  

Com o intuito de garantir que tudo ocorra como o esperado nos canteiros de obras, separamos algumas práticas que devem ser levadas em consideração no dia a dia.

Vem conferir!

Mantenha o canteiro de obra organizado

Chamamos de canteiro de obra, a área da construção destinada para os materiais, mão de obra e equipamentos, onde acontece o desenvolvimento das operações de apoio e execução da obra.

Como qualquer ambiente de trabalho, a organização pode influenciar diretamente a produtividade e segurança dos funcionários.  Por isso, antes de iniciar a obra, planeje o espaço utilizado para o canteiro. Lembre-se que a organização não é apenas função do gestor da obra, mas sim de todos que trabalham no local.

Siga todas as normas regulamentadoras (NR’s) do setor

As NR’s são um conjunto de normas técnicas que estabelecem medidas preventivas e procedimentos que garantem a segurança, saúde e bem-estar  dos funcionários no ambiente de trabalho. Essas normas são estabelecidas pela Consolidação das Leis do Trabalho.

Atualmente, existem diversas normas regulamentadoras voltadas para a construção civil. Entre elas, as principais são:

  • NR 6 – Equipamentos de Proteção Individual (EPI)
  • NR 8 – Padrões de edificações
  • NR 10 – Segurança em instalações elétricas e serviços em eletricidade
  • NR 12 – Uso de maquinário
  • NR 18 – Medidas de segurança
  • NR 35 – Segurança nas alturas

Você pode saber mais de cada uma delas pelo site do Ministério do Trabalho.

Atente-se a sinalização!

A sinalização organiza a área de trabalho e acessos,  além de melhorar a circulação de pessoas, principalmente caso aconteça situações de emergência. Placas, cartazes e cones são as maneiras principais de exibir informações claras sobre a obra. Essas sinalizações devem seguir a  Norma Regulamentadora Nº 18 (NR-18), com objetivo de manter a segurança de todos.

Treine e capacite seus funcionários

Preparar e instruir seu funcionário é o primeiro passo para que, ele entenda e coloque em prática todas recomendações de segurança. Além disso, treinamentos podem aumentar a produtividade e minimizar problemas futuros. O incentivo em participação de cursos técnicos e palestras traz benefícios para ambos os lados.

Certifique-se do uso correto dos equipamentos de proteção individual (EPI)

Os  equipamentos de proteção individual (EPI) são todos dispositivos ou acessórios, de uso individual, destinados para a proteção dos funcionários. Esses equipamentos são essenciais para evitar acidentes. Nas obras, todos trabalhadores devem usar botinas, luvas, capacetes, óculos de proteção e protetores auriculares. O uso é obrigatório e o empregador deve fornecer os equipamentos de acordo com as tarefas que o funcionário realizará. O empregador também deve fiscalizar e conscientizar o uso dos equipamentos.

Todos os EPI’s devem possuir o Certificado de Aprovação (CA), documento que o Ministério do Trabalho expede, para garantir a qualidade e funcionalidade do equipamento.

A prevenção e conscientização é a melhor solução para evitar acidentes. 

Levando em consideração todas essas práticas, a sua obra será muito mais segura!

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.