5 erros que devem ser evitados na hora da reforma
Ambientes Externos

5 erros que devem ser evitados na hora da reforma

Para realizar uma reforma, etapas importantes devem ser seguidas que, apesar de parecerem tarefas simples, quando feitas de maneira incorreta podem trazer muitos imprevistos e dores de cabeça para a obra.

A fim de evitar o gasto de tempo e/ou recursos, listamos os cinco erros mais comuns que você deve evitar na hora de construir ou reformar. Vamos lá? Acompanhe!

1 – Falta de planejamento antes da reforma

Antes de reformar, é essencial que haja um planejamento para garantir que tudo ocorra sem problemas ou imprevistos. Defina detalhadamente as etapas da obra a serem seguidas, desde o orçamento até o prazo de execução. É necessário colocar na ponta do lápis quais serão os custos, para evitar gastos extras muito acima do aceitável ao longo da obra. Para isso, recomenda-se listar todos os materiais necessários para a reforma e comparar os preços em lojas de materiais de construção.

A falta de planejamento é um dos erros mais comuns em obras, podendo gerar atrasos, gastos extras e até mesmo insatisfação no fim da reforma.

2 – Não contratar bons profissionais

Contratar profissionais sem referências ou apenas pelo preço baixo pode ser uma cilada. Esse é um investimento importante que garantirá satisfação no fim da obra. Por isso, ao contratar mão de obra, busque referências sobre os trabalhos destes profissionais, e peça para conhecer os seus projetos.

3 – Comprar materiais inadequados

Ao comprar os materiais, não leve em consideração somente a beleza ou o preço baixo. Atente-se em escolher materiais adequados, que suprirão todas as ações as quais os ambientes estarão sujeitos. No caso de revestimentos, por exemplo, verifique se os mesmos são aptos para ambientes de alto tráfego, se evitam o escorregamento mesmo em áreas molhadas, se apresentam resistência e facilidade de limpeza.

Caso necessite de bons materiais para o revestimento da obra, conheça o portfólio de produtos da Gail. São placas cerâmicas e produtos que proporcionam alta resistência química, mecânica e anticorrosiva, além de aderência e durabilidade. Saiba mais!

4 – Não fazer uma correta impermeabilização

A impermeabilização é uma etapa essencial para garantir a durabilidade do revestimento. Quando feita de forma correta, evita que a água se acumule debaixo do piso, causando problemas na estrutura, infiltrações, rachaduras, descolamento dos revestimentos, entre outras patologias.

Para lhe auxiliar neste processo, temos um artigo no qual aborda como fazer uma correta impermeabilização em placas cerâmicas. Confira!

Revestimentos industriais Gail

5 – Não realizar a limpeza pós-obra corretamente

A limpeza pós-obra, feita antes da entrega da obra, visa remover restos de rejunte que possam ter ficado sobre o revestimento. É feita com detergente a base de ácido clorídrico (HCl) e deve ser feita uma única vez para evitar problemas de corrosão química do rejunte. Não é recomendado utilizar produtos que contenham ácido fluorídrico (HF) e/ou seus derivados, como os “limpa-pedras” ou produtos de origem duvidosa.

Além de todos os erros citados acima, é importante também que, para não haver equívocos, supervisione toda a execução da obra. Além disso, para evitar problemas com os materiais de construção, é fundamental seguir as orientações do fabricante.

Deixe o seu comentário

2 Comentários

  1. Parabéns pela ideia do 5 erros. Erros que se transformam em conhecimentos quando são dados as devidas atenções.
    Creio que o 5 erro, poucas pessoas imaginavam que seria importante em uma obra.
    obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.