Ambientes Externos

O papel do engenheiro na gestão de obras

A gestão de obras envolve a administração de recursos, equipe e tempo, para que todo o cronograma de obra seja cumprido de acordo com o planejado. Esse planejamento é crucial para evitar imprevistos. 

O engenheiro de obras organiza as atividades diárias da obra e da sua equipe. É sua  responsabilidade unir todos os envolvidos nas mais variadas etapas do projeto, materializando o projeto inicial.

No artigo desta semana, você saberá a importância desse profissional na gestão de obras. Vamos lá?

Mas afinal, o que é gestão de obras?

Gestão de obras é uma prática contínua, que tem como foco a execução de projetos de arquitetura e engenharia, de acordo com o que foi idealizado. É a melhor garantia para que tudo aconteça no tempo proposto, dentro do orçamento estipulado e com qualidade em todas as etapas.

No Brasil, de acordo com a Lei 5.194, de 1996, arquitetos e engenheiros civis podem realizar o gerenciamento de obras.

O que faz um engenheiro na construção civil?

O profissional de engenharia precisa analisar e estudar todos os processos que envolvem a construção na qual ele está envolvido, para que assim, seja possível controlar o que será feito.

O engenheiro deve auxiliar a construtura no acompanhamento de todos os detalhes do empreendimento. Estes detalhes podem significar o sucesso ou fracasso da obra. 

Confira algumas das principais funções de engenheiros na gestão de obra

  • Estudar detalhadamente os projetos

É imprescindível um estudo detalhado do projeto por parte do engenheiro de obras. A partir desse estudo, é possível planejar as ações, etapas e processos construtivos da obra. 

  • Gerenciar prazos

É importante conciliar as responsabilidades inerentes ao cargo e fiscalizar se prazos, custos e qualidades estão de acordo com o esperado.

Caso isso não aconteça, a tomada de decisão deve ser o mais rápida possível, para que os atrasos e problemas não impactem ainda mais na entrega da obra, ou até, na qualidade final do empreendimento. 

  • Compra e gestão de materiais de construção

A partir do projeto, o engenheiro de obras deve quantificar os materiais necessários para cada etapa do trabalho. É importante estudar as datas de compras de acordo com as etapas em que a obra se encontra. Isso porque, alguns materiais precisam de um prazo maior para serem entregues e dependem da finalização de etapas anteriores. 

Além disso, o engenheiro deve garantir máxima eficiência na utilização desses materiais, como reaproveitar o que for possível, minimizando o desperdício.

  • Definir e administrar sua equipe

Após o projeto, também é responsabilidade do engenheiro de obras verificar a quantidade necessária de funcionário e coordenar as atividades que realizam. Dê feedbacks e acompanhe seus funcionários em tempo real, para evitar falhas e aumentar a produtividade dos trabalhadores.

Antes mesmo que a obra se inicie, o engenheiro já terá projetado e trabalhado por um longo período de tempo, estudando o terreno, adversidades, clima, entre outros fatores ligados à obra. A falta de planejamento pode ocasionar atrasos, prejuízos e muita dor de cabeça!

Muitas construtoras chegam ao fim de um serviço sem entender os motivos dos seus erros. Quando um gestor falha, as perdas financeiras e da qualidade da obra, podem ser irreparáveis. 

A Gail conta com equipe especializada para dar apoio do início ao fim do seu projeto. Quanto maior a preocupação com todas as etapas do projeto, menor a chance de problemas e prejuízos.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.